Assaltante que morreu após troca de tiros com vigilante em São Mateus havia sido condenado a 26 anos de prisão por assassinar PM no Piauí

O assaltante Nilson César Silva Aguiar, de 43 anos, que morreu na manhã desta segunda-feira (20), por volta das 11h, após trocar tiros com o vigilante de uma agência bancária em São Mateus havia sido condenado a 26 anos de prisão por assassinar o cabo da polícia militar Erisvan Mesquita Silva, em novembro de 2015, em Teresina, no Piauí.

Segundo informações, o militar portava cerca de R$ 39 mil em dinheiro e foi abordado por Nilton César no cruzamento da Avenida Barão de Gurguéia com a Avenida Gil Martins. Houve troca de tiros e o policial acabou sendo atingido. Ele foi levado ao Hospital de Urgência de Teresina, mas não resistiu ao ferimento.

Em março de 2017, Nilton César foi condenado pelo latrocínio do policial. A sentença foi de 26 anos em regime fechado. No entanto, o assassino era um dos dez criminosos que fugiram da penitenciária Professor José Ribamar Leite, em Teresina, no dia 5 de abril .

bn3
bn2
bn luanny moveis grande
IMG-20220209-WA0018
bn2-1024x305 landry mobile melhor
_cifraesportes
bn3
bn2
bn luanny moveis grande
IMG-20220209-WA0018
bn2-1024x305 landry mobile melhor
_cifraesportes
Estamos Online