TV Globo mostra pobreza em Itapecuru-Mirim e Santa Rita como exemplo no Maranhão

Passar os dias sem saber o que vai comer na próxima refeição. Essa é a realidade de muitas famílias brasileiras que quase não têm com que se alimentar. E uma pesquisa pela Rede Pennssan, que reúne pesquisadores de várias instituições e universidades do país, mostrou que também é algo presente no campo.

O estudo apontou que nas áreas rurais a fome atinge mais de 18% dos domicílios, o que representa quase um milhão de casas em um universo de cinco milhões. A maioria está nas regiões Norte e no Nordeste, onde muito da safra vem da agricultura familiar.

No Maranhão, tem agricultor que antecipa a colheita para não faltar comida na mesa e come grãos ainda verdes para aliviar a fome. Para os coordenadores do estudo, o resultado tem uma explicação: a agricultura brasileira se deslocou em uma posição de priorizar e se voltar para os mercados globais.

Veja a reportagem na íntegra:

bn3
bn2
bn luanny moveis grande
IMG-20220209-WA0018
bn2-1024x305 landry mobile melhor
_cifraesportes
bn3
bn2
bn luanny moveis grande
IMG-20220209-WA0018
bn2-1024x305 landry mobile melhor
_cifraesportes
Estamos Online