Fraudes no auxílio emergencial são alvo de operação da PF no MA

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira (22) em São Luís e Imperatriz, uma operação de combate à fraudes em benefícios emergenciais disponibilizados pelo Governo Federal à população carente durante a pandemia de Covid-19.

De acordo com a Operação “Animus Fraudandi”, a PF cumpriu oito mandados de busca e apreensão em Imperatriz, onde um grupo foi responsável pelo desvio de mais de R$ 200 mil. Já em São Luís, os policiais federais cumpriram um mandado de busca e apreensão, e um mandado de sequestro de bens e valores com bloqueio judicial de até R$ 21 mil, correspondentes ao montante do prejuízo ocasionado aos cofres da União em decorrência da prática criminosa.

Segundo a Polícia Federal, os trabalhos realizados são resultantes de uma união de esforços denominada Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (Eiafae), da qual participam a Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, Caixa, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União.

A Polícia Federal já realizou a deflagração de 114 operações policiais visando ao combate às fraudes aos Benefícios Emergenciais, com a expedição de mais de 443 mandados de busca e de 50 mandados de prisão.

Nesta quinta, estão sendo cumpridos 29 mandados de busca e apreensão, e quatro mandados de sequestro de bens, com um total de aproximadamente de até R$ 60 mil bloqueados por determinação judicial.

Além do Maranhão, a operação também acontece nos estados da Bahia, Ceará, Mato Grosso, Pará e Santa Catarina.

bn3
bn2
bn luanny moveis grande
bn2-1024x305 landry mobile melhor
bn3
bn2
bn luanny moveis grande
bn2-1024x305 landry mobile melhor
Enviar mensagem
Estamos Online