Servidor público é preso e outros quatro são afastados do cargo por suspeita de lavagem de dinheiro e fraudes licitatórias no interior do MA

Na manhã desta quinta-feira (17), um servidor público, vinculado a Superintendência de Limpeza Pública Urbana do município de Imperatriz, a segunda maior cidade do Maranhão, foi preso preventivamente suspeito de cometer os crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, falsidades documentais e fraudes licitatórias associado com outros servidores da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sinfra) e de outros órgãos públicos do município de Imperatriz.

O servidor foi preso durante a Operação Impacto, realizada pelo Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (GAECO) do Ministério Público do Maranhão (MP-MA) e pela Polícia Civil do Estado. Durante a operação, foram cumpridos diversos mandados de busca e apreensão na cidade de Imperatriz e, também, nas cidades do Rio de Janeiro (RJ) e São Miguel (TO).

A operação contou com o apoio operacional do GAECO – RJ e do Ministério Público do Estado do Tocantins (MP-TO).

bn3
bn2
bn luanny moveis grande
IMG-20220209-WA0018
bn2-1024x305 landry mobile melhor
_cifraesportes
bn3
bn2
bn luanny moveis grande
IMG-20220209-WA0018
bn2-1024x305 landry mobile melhor
_cifraesportes
Estamos Online