Vereador do Maranhão é preso por fraude milionária em instituições financeiras

Um vereador da cidade de Davinópolis, no Maranhão, foi preso nesta quinta-feira (7) em um desdobramento da Operação “Testa de Ferro,” que desarticulou organização criminosa que causou prejuízo de R$ 4 milhões a uma instituição financeira. Ele é suspeito de ter ligações com um casal de Goiânia (GO) detido ainda em março.

O pedido foi feito pelo Núcleo Especial de Combate aos Crimes Cibernéticos (Ncyber) do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e cumprido por agentes da Delegacia Especial de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC) da Polícia Civil do DF (PCDF) com apoio da Polícia Civil do Maranhão.

Segundo as investigações, o vereador seria um dos responsáveis por indicar pessoas dispostas a cederem suas contas bancárias para o depósito e saque dos valores obtidos por meio da fraude.

O grupo criminoso atua há mais de uma década, principalmente no Centro Oeste e no Pará. Uma das vítimas, uma empresa de calçados, chegou a perder mais de R$ 1,4 milhão. A Polícia estima que as fraudes praticadas pela quadrilha possam ter alçado mais de R$ 300 milhões.

Segundo as investigações, o vereador seria um dos responsáveis por indicar pessoas dispostas a cederem suas contas bancárias para o depósito e saque dos valores obtidos por meio da fraude.

O grupo criminoso atua há mais de uma década, principalmente no Centro Oeste e no Pará. Uma das vítimas, uma empresa de calçados, chegou a perder mais de R$ 1,4 milhão. A Polícia estima que as fraudes praticadas pela quadrilha possam ter alçado mais de R$ 300 milhões.

bn3
bn2
bn luanny moveis grande
IMG-20220209-WA0018
bn2-1024x305 landry mobile melhor
_cifraesportes
bn3
bn2
bn luanny moveis grande
IMG-20220209-WA0018
bn2-1024x305 landry mobile melhor
_cifraesportes
Estamos Online