MP pede o cancelamento de show de Xand Avião no aniversário de Bacabal

O Ministério Público do Maranhão ajuizou uma Ação Civil Pública nesta quarta-feira (13) contra a Prefeitura de Bacabal para suspender as comemorações de aniversário de 102 anos da cidade, que teria um show da banda Xand Avião e outros artistas, pagos com recursos públicos.

A festa está prevista para ocorrer neste sábado (16) e domingo (17), com custos que totalizam quase R$ 750 mil, segundo o MP.

Para a promotora de justiça Sandra Soares de Pontes, os recursos públicos não deveriam ser usados para pagar shows de grandes atrações em um momento em que centenas de famílias sofrem com as enchentes do rio Mearim.

“O gasto de quase um milhão de reais com artistas, bandas e infraestrutura de shows ocorre em detrimento da fome, da miséria, da falta de programa específico de transferência de renda e de assistência aos desabrigados”, diz a promotora.

Ainda segundo o Ministério Público do Maranhão, o contrato com a banda Xand Avião custaria R$ 270 mil aos cofres públicos. Já com o show da banda Rosa de Sauron seriam gastos R$ 90 mil. Também seriam gastos R$ 55 mil com o cantor Henry Freitas; R$ 55 mil com o cantor Pastor Cícero Oliveira; R$ 18 mil com o cantor Bruno Shinoda, além de R$ 260.536,00 com palco, tablado, camarote, trio elétrico, entre outros itens para a estrutura das apresentações.

Na Ação Civil Pública, o Ministério Público requer ainda que o prefeito do município, Edvan Brandão, pague multa diária de R$ 50 mil em caso de descumprimento.

bn3
bn2
bn luanny moveis grande
IMG-20220209-WA0018
bn2-1024x305 landry mobile melhor
_cifraesportes
bn3
bn2
bn luanny moveis grande
IMG-20220209-WA0018
bn2-1024x305 landry mobile melhor
_cifraesportes
Estamos Online